segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Declaração Universal dos direitos da criança.

Visando evitar os abusos cometidos contra crianças do mundo todo no dia 20 de novembro de 1959, representantes de centenas de países aprovaram a Declaração Universal dos Direitos da Criança. Ela foi adaptada da Declaração Universal dos Direitos Humanos, porém, voltada para as crianças.

Conheça alguns dos princípios básicos da Declaração Universal dos direitos da criança. Sendo importante frisar que ela foi a base para nosso estatuto da criança e do adolescente.

Princípios da Declaração Universal Direitos da Criança

De uma maneira geral os direitos das crianças são os seguintes:
1.    Todas as crianças têm o direito à vida e à liberdade.
2.    Todas as crianças devem ser protegidas da violência doméstica.
3.    Todas as crianças são iguais e têm os mesmos direitos, não importa sua cor, raça, sexo, religião, origem social ou nacionalidade.
4.    Todas as crianças devem ser protegidas pela família e pela sociedade.
5.    Todas as crianças têm direito a uma nacionalidade.
6.    Todas as crianças têm direito a alimentação e ao atendimento médico.
7.    As crianças portadoras de dificuldades especiais, físicas ou mentais, têm o direito a educação e cuidados especiais.
8.    Todas as crianças têm direito ao amor e à compreensão dos pais e da sociedade.
9.    Todas as crianças têm direito à educação.
10.  Todas as crianças tem direito de não serem violentadas verbalmente ou serem agredidas pela sociedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário